domingo, 28 de fevereiro de 2016

Equipa B: FC Felgueiras derrotado no terreno do FC Paços de Gaiolo (1-0)

Onzes iniciais e equipa de arbitragem.
(clicar na imagem para ampliar)
Em partida disputada no Campo de Jogos Dr. Manuel Morais Peixoto a contar para a 22ª Jornada da Série 3 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, a equipa B do FC Felgueiras visitou o FC Paços de Gaiolo onde foi derrotada por uma bola a zero.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Mário Guimarães fez-se alinhar com Gina na baliza, Rato, Xavier Sousa (Capitão), Lemos e Hugo Pitada no setor defensivo, Cristiano, Cristianinho e Hélder Lopes no centro do terreno, Joel Barbosa, Brasil e Alexandre Herculano na frente de ataque.
Numa partida bem disputada onde a formação secundária felgueirense fez de tudo para conquistar os três pontos, foi ao FC Paços de Gaiolo que pertenceu o único golo da partida, tento marcado à passagem do minuto 60 na sequência de uma grande penalidade. O lance suscitou muitos protestos no banco do FC Felgueiras (B).
Ao minuto 70 Alexandre Herculano colocou o esférico no fundo das redes da baliza da formação da casa, mas o lance foi anulado por alegado fora de jogo. Novamente muitos protestos no banco felgueirense, que afirmavam que o avançado do FC Felgueiras (B) estava em jogo.
Apesar da derrota a formação orientada pelo técnico Mário Guimarães mantém-se no segundo posto da tabela classificativa, tendo um total de 45 pontos conquistados.

Mais fotos da partida FC Paços de Gaiolo 1-0 FC Felgueiras (B):
Onze inicial do FC Felgueiras
(clicar na imagem para ampliar)
Resultados e classificação (22ª Jornada):
Fonte: Zerozero: 2ª Divisão, Série 3 da Associação de Futebol do Porto
(clique na imagem para ampliar)

Lista de marcadores da equipa B do FC Felgueiras (temporada de 2015/2016):
2ª Divisão, Série 3 da Associação de Futebol do Porto
Brasil (7 golos)
Bruno Pereira (6 golos)
Alexandre Herculano (5 golos)
Di Maria (4 golos)
Cristianinho (4 golos)
Joel Barbosa (3 golos)
Hélder Lopes (3 golos)
Quim Cachada (2 golos)
Zé Paulo (2 golos)
Lemos (1 golo)
Leonel (1 golo)
Cristiano (1 golo)
Hugo Pitada (1 golo)

Rui Magalhães garante vitória do FC Felgueiras diante da ARS Martinho (1-0) nas estreias de Miguel Pinto e Júnior

Onzes iniciais e equipa de arbitragem.
(clicar na imagem para ampliar)
Em partida disputada no Estádio Dr. Machado de Matos a contar para a 3ª Jornada da Fase de Manutenção/Descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio, o FC Felgueiras recebeu a ARS Martinho, onde venceu por uma bola a zero.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Rui Luís fez-se alinhar com Cajó na baliza, Zé Rebelo, Gil Dias, Pinto (Capitão) e Belly no setor defensivo, Inácio Miguel, Rui Magalhães e Miguel Pereira no setor intermédio, Bruno Pereira, Christiano e Fábio Teixeira na frente de ataque. Do lado da ARS Martinho, Jorge Regadas apostou no seguinte onze: João Paulo, Dany, Pedro Pereira, Guilherme, Bobô, Rui Orlando, Kakra, André Cosme, José Manuel Costa, Luís Neves e Benício.
Numa primeira parte muito bem disputada com lances de ataque para os dois lados, o primeiro lance de perigo apenas surgiu ao minuto 27 e pertenceu à formação da casa. Jogada de insistência do FC Felgueiras, com Rui Magalhães a rematar de fora de área. O esférico passou muito perto das redes defendidas por João Paulo.
Dois minutos depois a ARS Martinho respondeu na sequência de um pontapé de canto estudado. Remate a meio do meio campo de Pedro Pereira e uma grande defesa para novo canto do guardião felgueirense Cajó. Na execução deste não foi criado qualquer perigo.
A partida chegou ao intervalo com um nulo no marcador, resultado que se acaba por ajustar. Ambas as equipas criaram imensos lances de ataque, no entanto não foram criadas grandes oportunidades para inaugurar o marcador, quer para o FC Felgueiras, quer para a ARS Martinho.
O FC Felgueiras entrou bem na segunda parte, criando um lance de perigo logo nos minutos iniciais. Fábio Teixeira rematou com perigo mas ao lado da baliza de João Paulo no decorrer do minto 47.
No decorrer do minuto 54 a ARS Martinho ficou reduzida a dez unidades por expulsão de Bobô. O experiente avançado da formação visitante pontapeou o capitão felgueirense Pinto que protegia o esférico para este sair pela linha final.
Ao minuto 56 o FC Felgueiras inaugurou o marcador no Estádio Dr. Machado de Matos. Contra-ataque felgueirense conduzido por Miguel Pereira que abre para Christiano que remata para defesa do guardião da ARS Martinho João Paulo. Na recarga Rui Magalhães remata para o fundo das redes.
À passagem do minuto 80 a ARS Martinho teve tudo para igualar o marcador, após Zé Rebelo ter feito falta sobre Bruno Freitas dentro da grande área felgueirense. No frente-a-frente com Cajó, Luís Neves permitiu a defesa ao guardião felgueirense. Tudo igual no Estádio Dr. Machado de Matos, com a formação da casa a continuar a vencer por uma bola a zero.
Rui Luís mexeu pela primeira vez no onze da formação da casa ao minuto 82, fazendo entrar Miguel Pinto para o lugar de Fábio Teixeira. O jovem avançado que reforçou o FC Felgueiras na presente semana estreou-se com a camisola azul e grená.
Dois minutos depois (minuto 85) nova estreia no FC Felgueiras. Rui Luís fez entrar Júnior para o lugar de Miguel Pereira.
Inácio Miguel tentou ampliar a vantagem da formação da casa, mas o seu potente remate de fora de área acabou com uma grande defesa de João Paulo. Decorria o minuto 87.
Ao minuto 90 Rui Luís fez a terceira e última substituição no FC Felgueiras, fazendo entrar o jovem felgueirense Sardinha para o lugar de Christiano.
O FC Felgueiras ficaria reduzido a dez unidades à passagem do minuto 90+5 por expulsão de Inácio Miguel. O defesa-central/médio defensivo felgueirense viu o segundo cartão depois de ter visto o primeiro ao minuto 28.
Belly quase fez o segundo para a formação felgueirense ao minuto 90+6, mas o guardião adversário, João Paulo, executou uma grande defesa após livre cobrado pelo lateral esquerdo do FC Felgueiras.
A partida chegaria ao final com o FC Felgueiras a bater a ARS Martinho por uma bola a zero, resultado justo para a formação felgueirense. Com esta vitória a formação felgueirense soma mais 3 pontos num total de 17, subindo ao 2º posto da tabela classificativa a 4 pontos da líder AD Oliveirense.

Mais fotos do FC Felgueiras 1-0 ARS Martinho:
(clicar na imagem para ampliar)
Resultados e classificação (3ª Jornada):
Lista de marcadores do FC Felgueiras (temporada de 2015/2016):
Campeonato Nacional de Seniores:
Jorge Gonçalves (4 golos)
Rui Magalhães (3 golos)
Christiano (2 golos)
Gil Barros (2 golos)
Gil Dias (2 golos)
Pedro Mendes (2 golos)
Telmo Castanheira (1 golo)
Tiago Carreira (1 golo)
Rafinha (1 golo)
Taça de Portugal:
---

Formação: Sub.16 presenteados pela conquista da Série 9 da 2ª Divisão da AF Porto

(clicar na imagem para ampliar)
(clicar na imagem para ampliar)
(clicar na imagem para ampliar)
(clicar na imagem para ampliar)
video

Formação: Resultados das partidas disputadas a 27 e 28 de Fevereiro


sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Os 5 reforços já vestem à Felgueiras

Nuno Pereira e Nuno Pereira, Júnior (em cima)
Miguel Pinto e Belly (em baixo)

Notícias Relacionadas:

Equipa B: FC Felgueiras desloca-se ao terreno do FC Paços de Gaiolo


A equipa B do FC Felgueiras visita no próximo dia 28 de Fevereiro, Domingo, o FC Paços de Gaiolo, em partida a contar para a 23ª Jornada da Série 3 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Mário Guimarães, 2ª classificada, vem de uma vitória caseira diante do FC Frende por seis bolas a uma, enquanto o FC Paços de Gaiolo, 14º classificado, vem de uma derrota no terreno da AD Airães por duas bolas a uma.
A partida tem início marcado para as 15 horas no Campo de Jogos Dr. Manuel Morais Peixoto em Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses.

Formação: Partidas a disputar a 27 e 28 de Fevereiro


quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Júnior e Miguel Pinto reforçam FC Felgueiras

Júnior (à esquerda) e Miguel Pinto (à direita)
(clique na imagem para ampliar)
   Júnior e Miguel Pinto são os novos reforços da equipa felgueirense para colmatar algumas das saídas que se verificaram nos últimos dias.
   Júnior, médio de apenas 20 anos, chega da AD Oliveirense onde disputou 11 partidas, tendo marcado por uma vez. Antes de ingressar na Oliveirense, o jovem médio representou Os Sandinenses nas camadas jovens e o Vitória de Guimarães também na formação e na equipa B sénior.
   Já Miguel Pinto, avançado de 19 anos chega emprestado pelo Sporting de Braga, sendo que na primeira metade da época representou o Cinfães, equipa que disputa a Série C do Campeonato de Porgual. Miguel disputou 15 partidas, não tendo marcado qualquer golo. O avançado fez a sua formação no Penafiel e no Braga, sendo que assinou contrato profissional com o clube bracarense onde ainda tem contrato.
   

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Telmo Castanheira assina pelo Gondomar

Telmo Castanheira
   Telmo Castanheira, médio talentoso de 23 anos, está de saída do clube felgueirense e vai rumar ao Gondomar, equipa que está a disputar o play-off de subida à Segunda Liga Portuguesa.
   O antigo camisola 20 felgueirense e internacional sub-17 português, disputou 19 partidas e marcou 1 golo. Foi sempre presença habitual no 11 inicial felgueirense, o que despertou interesse de vários clubes.

Notícias Relacionadas: Jornal Record: Telmo Castanheira assina pelo Gondomar

Rafinha ruma ao Vizela

Rafinha


   Rafinha, extremo de 23 anos, desvinculou-se do FC Felgueiras e vai rumar ao Vizela, equipa que disputa o play-off de subida à Segunda Liga.
   O extremo/médio ofensivo fez 18 jogos com a camisola felgueirense, tendo marcado 1 golo. O seu último jogo foi na primeira jornada do play-off de despromoção frente à AD Oliveirense onde acabou com um nulo no marcador.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

FC Felgueiras recebe ARS Martinho


O FC Felgueiras recebe no próximo dia 28 de Fevereiro, Domingo, o ARS Martinho, numa partida a contar para a 3ª Jornada da Fase de Manutenção/Descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Rui Luís, 3ª classificada, vem de uma derrota no terreno do União Torcatense por duas bolas a zero, enquanto o ARS Martinho, 2º classificado, vem de um empate caseiro a duas bolas diante do Arões SC.
A partida tem início marcado para as 15 horas no Estádio Dr. Machado de Matos em Felgueiras.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Formação: Sub-16 sagram-se campeões da Série 9 da 2ª Divisão da AF Porto

Escalão de Sub.16 do FC Felgueiras.
(clicar na imagem para ampliar)
O escalão de formação de sub-16 do FC Felgueiras sagrou-se hoje campeão da Série 9 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto após bater fora de portas o CRP Barrosas por três bolas a duas. A formação de Jacinto Mota em 19 partidas somou 17 vitórias, 1 empate e 1 derrota, sendo que ainda faltam 3 jornadas para disputar: receções ao Freixo de Cima e AD Lousada e deslocação ao Aparecida FC.
                                                                                  PARABÉNS CAMPEÕES!

Formação: Resultados das partidas disputadas a 20 e 21 de Fevereiro

FC Felgueiras derrotado no terreno do União Torcatense (2-0) nas estreias de Belly, Miguel Pereira e Estevão

Onzes iniciais e equipa de arbitragem.
(clicar na imagem para ampliar)
Em partida disputada no Parque Desportivo do Arnado a contar para a 2ª Jornada da Fase de Manutenção/Descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio, o FC Felgueiras deslocou-se ao terreno do União Torcatense onde foi derrotado por duas bolas a zero.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Rui Luís fez-se alinhar com Cajó na baliza, Ricardo Pedrosa, Gil Dias, Zé Rebelo e Pinto (Capitão) no setor defensivo, Inácio Miguel, Telmo Castanheira e Rui Magalhães no centro do terreno, Belly, Christiano e Fábio Teixeira na frente de ataque.
Numa primeira parte onde a formação da casa se superiorizou ao FC Felgueiras, esta criou a primeira situação de perigo para a baliza de Cajó ao minuto 11, num remate que saiu ligeiramente ao lado da baliza.
À passagem do minuto 14 José Costinha colocou Cajó em sentido, com um remate após cruzamento pelo lado direito do terreno. O guardião felgueirense executou uma excelente defesa e evitou que a formação da casa inaugurasse o marcador.
O FC Felgueiras tentou responder aos dois lances de perigo criados pelo União Torcatense, mas após Christiano ter tentado isolar Rui Magalhães ao minuto 17, este é agarrado e impedido de progredir, sendo que nada foi assinalado pelo juiz da partida. Muitos protestos no banco felgueirense.
Ao minuto 18 novamente a formação visitante a tentar criar perigo, mas o cabeceamento de Fábio Teixeira após canto estudado e cruzamento de Rui Magalhães não levou a direção ideal. O esférico passou ligeiramente por cima da baliza do União Torcatense.
O União Torcatense fez o primeiro golo da tarde à passagem do minuto 23, mas o lance foi anulado por alegado fora de jogo. Muitos protestos dos adeptos da casa que contestavam a decisão do árbitro.
Christiano tentou a sua sorte ao minuto 25, mas o remate do extremo da formação felgueirense não levou a melhor direção. Belly foi o autor da assistência após ter conduzido o contra-ataque.
O União Torcatense colocou justiça no marcador à passagem do minuto 42 na conversão de uma grande penalidade. Zé Rebelo fez falta e na cobrança José Costinha bateu Cajó.
A partida chegou ao intervalo com o União Torcatense a bater o FC Felgueiras por uma bola a zero, resultado que se enquadra com o desenrolar dos acontecimentos no primeiro tempo. A formação da casa foi superiorizou-se à formação da cidade de Felgueiras.
Para o segundo tempo Rui Luís mexeu pela primeira vez no onze inicial, fazendo entrar Miguel Pereira para o lugar de Zé Rebelo. Belly recuou para o setor defensivo.
A primeira grande situação de perigo do segundo tempo pertenceu ao FC Felgueiras, com Christiano a testar o guardião adversário após um remate de fora de área. O guardião do União Torcatense exibiu-se ao melhor nível e executou uma grande defesa.
Ao minuto 66 o técnico Rui Luís tentou refrescar o setor mais ofensivo da formação felgueirense, fazendo entrar Sardinha para o lugar de Fábio Teixeira.
O União Torcatense continuava ligeiramente superior ao FC Felgueiras, sendo que chegou ao segundo golo à passagem do minuto 73. O camisola 21 da formação da casa bateu Cajó na recarga a um primeiro remate defendido pelo guardião felgueirense.
Um minuto depois (minuto 74) Rui Luís esgotou as substituições na formação felgueirense, fazendo entrar Estevão para o lugar de Rui Magalhães.
Ainda antes do apito final Inácio Miguel protagonizou uma das melhores chances para o FC Felgueiras marcar, mas o seu remate de meia distância levou a direção da barra.
A partida chegaria assim ao fim com o União Torcatense a bater o FC Felgueiras por duas bolas a zero, resultado inteiramente justo para a formação da casa.
Apesar da derrota o FC Felgueiras continua no segundo posto da tabela classificativa, tendo um total de 14 pontos conquistados.

Mais fotos da partida União Torcatense 2-0 FC Felgueiras:
(clicar na imagem para ampliar)
Resultados e classificação (2ª Jornada):
Lista de marcadores do FC Felgueiras (temporada de 2015/2016):
Campeonato Nacional de Seniores:
Jorge Gonçalves (4 golos)
Christiano (2 golos)
Gil Barros (2 golos)
Rui Magalhães (2 golos)
Gil Dias (2 golos)
Pedro Mendes (2 golos)
Telmo Castanheira (1 golo)
Tiago Carreira (1 golo)
Rafinha (1 golo)
Taça de Portugal:
---

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Equipa B: FC Felgueiras goleia na receção ao FC Frende (6-1)

Onzes iniciais e equipa de arbitragem.
(clicar na imagem para ampliar)
Em partida disputada na Zona Desportiva de Felgueiras a contar para a 21ª Jornada da Série 3 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, a equipa B do FC Felgueiras recebeu e venceu o FC Frende por uns expressivos seis a um.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Mário Guimarães fez-se alinhar com Gina na baliza, Rato, Xavier Sousa (Capitão), Lemos e Hugo Pitada no setor defensivo, Leonel, Cristiano e Cristianinho na zona intermédia, Di Maria, Brasil e Alexandre Herculano na frente de ataque.
Numa primeira parte praticamente toda dominada pela formação da casa, foi a esta a quem pertenceu a primeira grande oportunidade de perigo. Decorria o minuto 2 quando Brasil testou a atenção do guardião do FC Frende, com um remate de fora de área para defesa apertada.
O FC Felgueiras (B) investia forte no ataque, procurando desde cedo alcançar a vantagem no marcador. Ao minuto 6 foi a vez de Alexandre Herculano criar perigo com um remate muito forte de fora de área. O esférico passou ligeiramente por cima da baliza da formação adversária.
Ao minuto 16 Di Maria caiu na área do FC Frende, lance que originou muitos protestos nas bancadas e banco felgueirense. Pediu-se grande penalidade mas o árbitro nada assinalou.
Alexandre Herculano era um dos jogadores que mais perigo criava à defesa da formação visitante, tendo ao minuto 17 ficado, mais uma vez, muito perto de inaugurar o marcador. O jogador felgueirense, isolado, rematou para defesa a dois tempos do guardião do FC Frende. Ao minuto 25, novamente Alexandre Herculano, desperdiçou uma das maiores oportunidades da partida. Isolado por Leonel, o jogador hesitou entre o passe e o remate, acabando o esférico por sair pela linha final.
Como diz o velho e conhecido ditado popular, “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”, eis que após tanta insistência surgiu o tento da formação felgueirense. Cristianinho rematou cruzado com o esférico a sobrar para Brasil que não hesitou e fez balançar pela primeira vez as redes da baliza adversária.
À passagem do minuto 42 Mário Guimarães viu-se obrigado a mexer pela primeira vez no onze inicial felgueirense. Rui Queirós teve de entrar para o lugar de Rato, lateral direito felgueirense que seguiu de ambulância para o hospital desorientado.
Ainda antes do apito do árbitro para o intervalo Alexandre Herculano teve hipótese para alargar o resultado, mas o guardião adversário executou uma excelente defesa. Hugo Pitada tinha protagonizado a assistência num grande cruzamento pelo lado esquerdo do terreno.
A partida chegaria assim ao intervalo com o FC Felgueiras (B) a bater o FC Frende por uma bola a zero, resultado escasso dadas todas as oportunidades criadas pela equipa da casa. A formação visitante não produziu qualquer lance de perigo para a baliza de Gina.
Para a segunda parte Mário Guimarães voltou a mexer na equipa, tendo feito entrar Hélder Lopes e Bruno Pereira para os lugares de Cristiano e Di Maria.
A formação secundária felgueirense voltou a entrar melhor na segunda parte, praticando um excelente futebol de ataque. Hugo Pitada ampliou a vantagem no marcador ao minuto 57, na cobrança de um livre direto à entrada de área do FC Frende. Bola muito bem colocada, sem hipóteses de defesa para o guardião adversário.
Hélder Lopes também fez o gosto ao pé ao minuto 57, colocando o FC Felgueiras (B) a vencer por três bolas sem resposta. O médio felgueirense bateu o guardião do FC Frende na cobrança de um novo pontapé livre à entrada da área adversária.
Ao minuto 65 foi a vez de Alexandre Herculano fazer balançar as redes adversárias. Após isolado por Bruno Pereira o incansável avançado felgueirense colocou o resultado em quatro bolas a zero.
Brasil esteve perto de bisar à passagem do minuto 66, mas isolado permitiu a defesa ao guardião adversário. Na recarga o avançado felgueirense não conseguiu direcionar o remate da melhor forma, tendo o esférico passado por cima da baliza do FC Frende.
À passagem do minuto 76 Bruno Pereira ampliou a vantagem felgueirense para cinco bolas a zero. O extremo felgueirense combinou com Hélder Lopes e rematou sem hipóteses de defesa para o fundo das redes da baliza do FC Frende.  
Ao minuto 77 o técnico felgueirense voltou a mexer na equipa, fazendo entrar o guardião Ricardo Júnior e o extremo Joel Barbosa para os lugares de Gina e Leonel.
O FC Frende chegou ao golo de honra à passagem do minuto 79, numa das poucas vezes que se aventurou no ataque. Livre cobrado pelo lado esquerdo do terreno, havendo um primeiro cabeceamento antes do remate que fez balançar as redes felgueirenses. O resultado ficaria igualmente e inequivocamente a favorecer o FC Felgueiras (5-1). ´
Em cima do minuto 90 Cristianinho marcou mais um para a formação felgueirense, fixando o resultado final nuns expressivos seis a um.
De volta às vitórias, o FC Felgueiras (B) soma assim mais três pontos num total de 45 conquistados, mantendo-se na segunda posição da tabela classificativa em perseguição à líder AD Lousada.

Resultados e classificação (21ª Jornada):
Fonte: Zerozero: 2ª Divisão, Série 3 da Associação de Futebol do Porto
(clicar na imagem para ampliar)
Lista de marcadores da equipa B do FC Felgueiras (temporada de 2015/2016):
2ª Divisão, Série 3 da Associação de Futebol do Porto
Brasil (7 golos)
Bruno Pereira (6 golos)
Alexandre Herculano (5 golos)
Di Maria (4 golos)
Cristianinho (4 golos)
Joel Barbosa (3 golos)
Hélder Lopes (3 golos)
Quim Cachada (2 golos)
Zé Paulo (2 golos)
Lemos (1 golo)
Leonel (1 golo)
Cristiano (1 golo)
Hugo Pitada (1 golo)

Nuno Pereira, Belly e Miguel Pereira são as novidades na convocatória de Rui Luís


Para a deslocação ao terreno do União Torcatense, partida a contar para a 2ª Jornada da Fase de Manutenção/Descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio, Rui Luís, treinador do FC Felgueiras, convocou 18 jogadores. Destaque para Nuno Pereira, Belly e Miguel Pereira, jogadores que reforçaram a formação felgueirense durante a última semana.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Equipa B: Mário Guimarães convoca 18 jogadores para a receção ao FC Frende


Para a receção ao FC Frende, partida a contar para a 21ª Jornada da Série 3 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, Mário Guimarães, treinador do FC Felgueiras, convocou 18 jogadores.

Eis a lista de convocados:
Guarda-redes: Gina e Ricardo Júnior;
Defesas: Hugo Pitada, Diogo Moreira (Rato), Xavier Sousa, João Lemos, Leonel Teixeira e Pedro Couto;
Médios: Rui Queirós, Hélder Lopes, Cristiano Xavier, Cristiano Teixeira e Sandro Gomes;
Avançados: Di Maria, Brasil, Bruno Pereira, Joel Barbosa e Alexandre Herculano.

Formação: Partidas a disputar a 20 e 21 de Fevereiro


quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

FC Felgueiras lança caderneta de cromos no próximo Sábado

Caderneta Oficial do FC Felgueiras
(clique na imagem para ampliar)
A caderneta de cromos do FC Felgueiras vai ser lançada no próximo Sábado, 20 de Fevereiro, na Zona Desportiva de Felgueiras.
A apresentação será durante todo o dia de Sábado, sendo que o ponto alto ocorrerá pelas 10h30m, no final da partida do escalão de Sub-11.
Poderá adquirir a caderneta durante todo o dia na Zona Desportiva de Felgueiras ou então nos postos de venda (Café Bocage, Café Caravela, Café do Vitó, Sartel [Loja da EDP no Orion]). O preço da caderneta é de 10€ com oferta de 5 saquetas de cromos.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Nuno Pereira e Miguel Pereira chegam por empréstimo do Boavista FC

Nuno Pereira (à esquerda) e Miguel Pereira (à direita).
(clicar na imagem para ampliar)
Nuno Pereira e Miguel Pereira, jovens jogadores de apenas 20 anos que na primeira metade da presente temporada representaram o SC Vila Real, são reforços do FC Felgueiras por empréstimo do Boavista FC.
Curiosamente Nuno e Miguel são irmãos gémeos e têm a carreira futebolística idêntica. Ambos passaram pelas escolas de formação do Oliveira do Douro, do Candal e do Boavista, sendo que se estrearam ainda com idade júnior na equipa principal do clube enxadrezado na temporada de 2013/2014 no atual Campeonato de Portugal Prio, tendo Nuno realizado duas partidas e Miguel uma.
Miguel Pereira realizou 16 partidas ao serviço do SC Vila Real na presente temporada nas quais apontou um golo. Já Nuno Pereira apenas realizou um partida, devido à lesão que tinha contraído (perna partida).
Ambos os jogadores chegam à equipa orientada pelo técnico Rui Luís para disputar a fase de manutenção/descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio, sendo que Miguel Pereira pode alinhar como médio ofensivo/extremo direito e Nuno Pereira como médio centro/ofensivo.

Belly chega por empréstimo do Académico de Viseu

Belly
(clicar na imagem para ampliar)
Belly, defesa esquerdo que na primeira metade da presente temporada representou o Académico de Viseu, é reforço do FC Felgueiras a título de empréstimo.
O jovem jogador de 20 anos apenas realizou 3 partidas com a camisola da formação de Viseu, sendo que agora ruma ao clube felgueirense para disputar a fase de manutenção/descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio.
Internacional pelas camadas jovens da França, Belly ingressou no início da temporada no Académico de Viseu proveniente do Tours (Segunda Liga Francesa).

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

FC Felgueiras desloca-se ao terreno do União Torcatense


O FC Felgueiras desloca-se no próximo dia 21 de Fevereiro, Domingo, ao terreno do U. Torcatense, em partida a contar para a 2ª Jornada da Fase de Manutenção/Descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio.
A formação felgueirense, 3ª classificada, vem de um empate caseiro (0-0) diante da AD Oliveirense, enquanto o U. Torcatense vem de uma derrota no terreno do Arões SC (1-0).
A partida tem início marcado para as 15 horas no Parque Desportivo do Arnado em São Torcato, Guimarães.

Equipa B: FC Felgueiras recebe FC Frende


A equipa B do FC Felgueiras recebe no próximo dia 20 de Fevereiro, Sábado, o FC Frende, em partida a contar para a 21ª Jornada da Série 3 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto.
A formação de Mário Guimarães, 2ª classificada, vem de um empate a duas bolas no terreno do ISC Sobreirense, enquanto o FC Frende, 13º classificado, vem de uma derrota caseira diante da AD Airães (1-2).
A partida tem início marcado para as 15 horas na Zona Desportiva de Felgueiras.

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Equipa B: FC Felgueiras cede pontos no terreno do ISC Sobreirense (2-2) e perde liderança

Onzes iniciais e equipa de arbitragem.
(clicar na imagem para ampliar)
Em partida a contar para a 20ª Jornada da Série 3 da 2ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, a equipa B do FC Felgueiras deslocou-se ao terreno do ISC Sobreirense onde não foi além de um empate a duas bolas.
A formação felgueirense orientada pelo técnico Mário Guimarães fez-se alinhar com Gina na baliza, Rato, Xavier Sousa (Capitão), Lemos e Hugo Pitada no setor defensivo, Quim Cachada, Leonel e Hélder Lopes no setor intermédio, Di Maria, Brasil e Alexandre Herculano na frente de ataque.
Numa partida muito intensa e aguerrida pela posse de bola, a equipa da casa abriu o marcador na primeira parte, resultado que se manteve inalterado até ao intervalo.
Na segunda parte a formação visitante teve de correr atrás do prejuízo e logo nos minutos iniciais chegou ao empate por intermédio de Brasil.
Minutos mais tarde a formação do ISC Sobreirense chegou novamente à vantagem no marcador, num lance polémico muito protestado pelo banco da formação felgueirense.
Novamente em desvantagem a equipa secundária do FC Felgueiras fez de tudo para alcançar o empate, conseguindo-o novamente por intermédio de Brasil.
O FC Felgueiras (B) cede assim pontos no terreno do ISC Sobreirense, somando mais um para um total de 42. Encontra-se no segundo posto da tabela classificativa a 5 pontos da líder AD Lousada, porém com menos um jogo disputado.

Resultados e classificação (20ª Jornada):
Fonte: Zerozero: 2ª Divisão, Série 3 da Associação de Futebol do Porto
(clicar na imagem para ampliar)
Lista de marcadores da equipa B do FC Felgueiras (temporada de 2015/2016):
2ª Divisão, Série 3 da Associação de Futebol do Porto
Brasil (6 golos)
Bruno Pereira (5 golos)
Di Maria (4 golos)
Alexandre Herculano (4 golos)
Cristianinho (3 golos)
Joel Barbosa (3 golos)
Hélder Lopes (2 golos)
Quim Cachada (2 golos)
Zé Paulo (2 golos)
Lemos (1 golo)
Leonel (1 golo)
Cristiano (1 golo)

Formação: Resultados das partidas disputadas a 13 e 14 de Fevereiro

(clicar na imagem para ampliar)

FC Felgueiras empata com a AD Oliveirense (0-0) na estreia de Rui Luís

Onzes iniciais e equipa de arbitragem.
(clicar na imagem para ampliar)
Em partida disputada no Estádio Dr. Machado de Matos a contar para a 1ª Jornada da fase de manutenção/descida da Série B do Campeonato de Portugal Prio, o FC Felgueiras recebeu a AD Oliveirense onde
Na estreia de Rui Luís no comando técnico da formação felgueirense, este fez alinhar o seguinte onze: Cajó na baliza, Ricardo Pedrosa, Gil Dias, Zé Rebelo e Pinto (Capitão) no setor defensivo, Inácio Miguel, Telmo Castanheira e Rui Magalhães no setor intermédio, Rafinha, Christiano e Fábio Teixeira na frente de ataque. Do lado da AD Oliveirense alinhou Kevin Douglas, Marco André, Manuel Pedro, Zé Manel, Paulinho, Neves, Jacob, Ká Semedo, James, Isaiah e Tucka.
Numa primeira parte marcada essencialmente pelo equilíbrio, foi à equipa da casa a quem pertenceu o primeiro lance de perigo. Minuto 7, Gil Dias cabeceia após livre batido por Rui Magalhães, com o esférico a passar muito perto das redes defendidas por Kevin.
Na resposta (minuto 24) Tucka rematou de fora de área, mas o esférico passou ao lado da baliza defendida por Cajó. 3 minutos depois surge a grande oportunidade para a AD Oliveirense inaugurar o marcador, com Isaiah a rematar muito perto do poste da baliza felgueirense após defesa a dois tempos de Cajó.
A partida chegou ao intervalo com um nulo no marcador, resultado inteiramente justo. Poucas oportunidades para abrir o marcador.
No segundo tempo o equilíbrio mantinha-se, sendo que ao minuto 53 Rafinha colocou o esférico no fundo das redes da AD Oliveirense. O tento do camisola 70 felgueirense foi anulado por posição irregular.
Quatro minutos depois foi a vez da AD Oliveirense colocar a bola no fundo das redes felgueirenses, lance também invalidade por posição irregular de James. O número 20 da formação visitante bateu Cajó em posição irregular após duas bolas seguidas nos ferros da baliza felgueirense.
Ao minuto 60 o FC Felgueiras cria muito perigo e quase abre o marcador. Arrancada incrível de Rafinha pelo lado esquerdo do terreno, que finda com um remate cruzado a embater na barra da baliza de Kevin.
Rui Luís mexeu pela primeira vez na formação felgueirense à passagem do minuto 69, com Bruno Pereira a entrar para o lugar de Rui Magalhães. Minutos mais tarde (minuto 86), Sardinha entraria para o lugar de Fábio Teixeira.
Ao minuto 90 a AD Oliveirense volta a criar perigo, com Jacob a cabecear ao lado da baliza de Cajó após canto batido pelo lado direito do terreno.
A partida chegaria ao fim com um nulo no marcador, resultado que tal como ao intervalo se acaba por ajustar. O FC Felgueiras soma assim um ponto na estreia de Rui Luís no comando técnico da formação felgueirense, tendo um total de 14 conquistados. A formação felgueirense ascende assim ao 3º posto da tabela classificativa.

Mais fotos da partida FC Felgueiras 0-0 AD Oliveirense:

(clicar na imagem para ampliar)
(clicar na imagem para ampliar)
(clicar na imagem para ampliar)
Resultados e classificação (1ª Jornada):
Lista de marcadores do FC Felgueiras (temporada de 2015/2016):
Campeonato Nacional de Seniores:
Jorge Gonçalves (4 golos)
Christiano (2 golos)
Gil Barros (2 golos)
Rui Magalhães (2 golos)
Gil Dias (2 golos)
Pedro Mendes (2 golos)
Telmo Castanheira (1 golo)
Tiago Carreira (1 golo)
Rafinha (1 golo)
Taça de Portugal:
---